8 de set de 2015

AO VIVO: Nicarágua x Jamaica (Eliminatórias 2018)


CONFIRA AO VIVO AO CONFRONTO DECISIVO ENTRE NICARÁGUA E JAMAICA

NA PARTIDA DE IDA OS CENTROAMERICANOS VENCERAM POR 3-2 JOGANDO NA JAMAICA E AGORA SÓ PRECISAM DE UM EMPATE PARA AVANÇAR PARA A FASE DE GRUPOS DAS ELIMINATÓRIAS PARA O MUNDIAL 2018!




Predestinados? Haitiano e Januzaj marcam gols em amistoso para Refugiados




Milhares de refugiados cruzam as fronteiras europeias todos os dias buscando fugir das guerras, da pobreza e da violência de seus países de origem. Essa nova realidade mundial vem fazendo com que centenas de instituições governamentais ou particulares busquem uma solução para melhorar a vida dessas pessoas. Dois dos mais tradicionais clubes alemães aproveitaram que fariam um amistoso na tarde desta terça para mandar uma mensagem ao mundo. St. Pauli e Dortmund batizaram o evento de hoje de “Refugees Welcome” (Sejam bem vindos, Refugiados) e convidaram os cerca de mil refugiados que residem na região de Hamburgo para assistir a partida.


O resultado do jogo pouco importou. Os 2 a 1 a favor do Dortmund refletiu a qualidade do elenco auri-negro que não contou com os jogadores que estão a serviço de suas seleções. No Brasil o problema a questão da imigração já foi tema até em debate dos presidenciáveis em 2014. Oficialmente, cerca de 50 mil haitianos migraram para o Brasil depois do trágico terremoto que destruiu o país caribenho em 2011. E por força do destino, coube a um haitiano marcar um dos gols da partida. Fabrice Picaut que faz sua temporada de estreia no St. Pauli marcou o gol de honra dos locais. Picaut chegou a segunda divisão alemã depois de uma boa temporada na República Tcheca com o Sparta Praga. Além do meia haitiano, Gonzalo Castro e Adnan Januzaj marcaram os gols da partida. Vale ressaltar que o belga Januzaj é filho de refugiados da região do Kosovo.

7 de set de 2015

Revelação Cubana faz Charleston Battery voltar a sonhar




Quando Maikel Chang marcou o gol de empate no último minuto de jogo a favor do Charleston Battery diante do Pittsburgh Riverhounds neste fim de semana, muitos pode ter achado que a celebração intensa do jogador se deu apenas pela conquista de mais um importante ponto rumo aos play-offs. Mas mais que isso, Chang vem realizando sua melhor temporada na equipe de futebol mais antiga em atividade nos Estados Unidos.



A história de Maikel Chang começa como a de muitos atletas cubanos de sucesso. O jogador se viu obrigado a abandonar a seleção nacional em 2012 em busca do profissionalismo e melhores condições de vida. Naquela ocasião, Cuba disputava o Pré-olímpico e o meia atacante era uma das joias do país. Conhecido como “Chino” (chinês em espanhol), Chang impressionava com a sua habilidade além de sua capacidade em dar assistências. Não demorou para a proposta de um contrato profissional surgir e ele se juntou ao Battery para a disputa da USL, liga que equivale a terceira divisão e que abriga jovens talentos nos Estados Unidos.

Chang no meio ao lado dos tambem cubanos Cordovez e Cooper



Em 2013 com apenas 22 anos o cubano estreou contra o extinto Antigua Barracuda. A temporada acabou não sendo boa já que muitas lesões não permitiram que o jogador adquirisse entrosamento com seus novos companheiros. Já no ano passado a sorte de Chang começou a mudar. Com menos lesões e mais minutos de jogo ele marcaria seu primeiro gol no futebol profissional na derrota para o Charlotte Eagles. Terminou a temporada adquirindo o status de titular e prometendo fazer de 2015 seu ano. e a promessa vem sendo cumprida: com 23 atuações nesta temporada ele é o quarto jogador com mais assistências na USL. E gols como o do último sábado vem se tornando cada vez mais frequentes (já foram 4 nesse ano) o que faz com que a torcida do Charleston Battery volte a sonhar com um título, o que não acontece desde 2012.

Atacante Brasileiro de 1,95m de estatura é artilheiro do Campeonato Salvadorenho




Mario Jardel foi um centroavante brasileiro que conquistou um sucesso estrondoso na Europa. Com 1,88 metros de altura, fez grandes temporadas nos portugueses Porto e Sporting e no turco Galatasaray. Nesta temporada, um compatriota do grande ídolo da década de 90 com características semelhantes vem fazendo sucesso em El Salvador.




Aos vinte e sete anos de idade, Josimar Moreira chegou a El Salvador para ser a grande referência do CD Fas, maior vencedor do campeonato nacional, mas que não conquista um título desde 2009. Proveniente do hondurenho Parrillas One, o brasileiro já conquistou o coração da torcida rubro-azul. Mesmo tendo disputado menos partidas que os rivais (alguns jogos do campeonato local foram adiados por conta das disputas das eliminatórias) Josimar é o artilheiro da liga local com quatro gols (ao lado de Barahona, Reyes e Zelaya, todos salvadorenhos) tendo sido responsável por 1/3 dos gols de sua equipe na temporada.  De reforço desconhecido a ídolo dos tigres em menos de 2 meses.

Josimar viveu grande fase no Auto Esporte da Paraíba



A carreira do artilheiro da camisa 20 santaneca começou no norte do Brasil. Nascido no Acre, um dos menores estados brasileiros, ele começou a carreira em 2008 no Cruzeiro local clube que sequer disputava campeonato regionais da primeira divisão na época. Com potencial, se transferiu para o Grêmio Coariense depois passando por Rio Negro, Confiança e Salgueiro. A chegada ao Auto Esporte em 2014 transformou a carreira do jogador. No tradicional clube paraibano foi um dos principais jogadores do estadual local marcando 9 gols e sendo vendido para o Bragantino da Série B brasileira por 5 mil reais. Sem espaço no novo clube ainda passou pelo Central antes de receber a primeira oportunidade no exterior. No pequeno Parrilas One chegou para a disputa do Clausura hondurenho sendo peça chave da luta da equipe contra o rebaixamento. A chegada a um grande de El Salvador é a oportunidade da carreira do atacante de 1,95 m de altura que parece empenhado em fazer história na América Central.

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | coupon codes